Logotipo Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã

Formulário de Consulta

CÓDIGO SENHA

Reunião debate segurança em Ponta Porã

Na tarde da última segunda-feira (14), ocorreu no Paço da Prefeitura Municipal de Ponta Porã uma reunião com diversas autoridades com o intuito de encontrar e solucionar questões a respeito da segurança na cidade. Estiveram presentes juntamente com o Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (ACEPP) Eduardo Gauna o Secretário de Segurança Pública de Ponta Porã Valério Azambuja, o Tenente Coronel da Polícia Militar de Ponta Porã Hélio Gauto Rios, o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã Agnaldo Miudinho, o Cônsul do Paraguai no Brasil Pedro Martinez, o Delegado da Polícia Civil Marcius Cordeiro, o Capitão Alan da Força Nacional e o Comandante da Polícia Nacional em Pedro Juan Caballero Mario Ortellado.

 

O Secretário Valério iniciou a reunião ordinária com ênfase na função do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), em que é a discussão das melhores estratégias para a segurança pública em Ponta Porã. A respeito da ação da Guarda Municipal ele explicou, "a Guarda nasceu de uma necessidade, onde em cidades com mais de 50 mil habitantes elas existem com a intenção de dar apoio à Polícia Miliar e foram totalmente treinados para tal fim, ocorreu que durante o tempo em que estavam no centro tivemos a necessidade de levá-los para os locais onde eles estabelecem atividades que são de policiamento administrativo em proteção de bens, serviços e instalações do Município como escolas", disse. Segundo ele retornaram para a área central, haverá mais capacitação dos mesmos e que estejam armados em curto prazo.

 

O Tenente Coronel Hélio esclareceu que o batalhão atende outras localidades além da cidade de Ponta Porã como Antônio João, Aral Moreira, Laguna Caarapã e o Assentamento Itamarati e que há uma necessidade de mais policiais em atuação no município. "Precisamos de mais efetivo, pois realizamos além dos trabalhos de fiscalização os de escoltas, por exemplo, de presos que demandam policiais para tal, mas estamos com um concurso em andamento e teremos mais 80 policiais em Ponta Porã, que auxiliaram nos trabalhos", comentou. 

 

O Presidente da ACEPP Eduardo Gauna articulou que a presença da população é importante para que haja mudanças e que cada vez multiplique e obtenha resultados que devem ser cobrados pela população às autoridades e agradeceu a presença dos empresários, comerciantes e a população que estiveram presentes. "A situação que Ponta Porã vive atualmente está insuportável, roubos e assaltos aos estabelecimentos comerciais estão sendo praticados praticamente todos os dias. Temos que buscar soluções", expressou. O Delegado Marcius manifestou que deveria haver pelo menos duas ou três vezes o atual efetivo para que haja uma melhora no atendimento à população e que atualmente tramitam 836 casos em sua delegacia. "Nós não estamos aqui para expor os nossos problemas e sim buscar soluções efetivas, pois tenho registrado nas últimas semanas 200 assaltos", revelou e completou “nesta reunião devemos analisar de que forma podemos atuar diante desta situação em conformidade à lei”.

 

O Capitão Alan da Força Nacional declarou que vieram com o intuito de somar forças e que devido à ‘Operação da Copa do Mundo’ em que participou, o efetivo ficou baixo, mas que já estão sendo encaminhados para as cidades de origem. “Além do nosso número de policiais há previsão que cheguem mais em pouco tempo, pois as prioridades são as fronteiras e após uma portaria autorizada poderemos atuar em parceria com a Polícia Militar”, explicou.

 

O Comandante da Polícia Nacional em Pedro Juan Caballero Mario Ortellado expressou a sua preocupação com a situação de violência em Ponta Porã, o que segundo ele são praticados por pessoas que conduzem motocicletas. “Por ser uma fronteira seca, o livre acesso entre os países facilita a ação dessas pessoas que praticam roubos e furtos, mas juntos (Brasil e Paraguai) iremos diminuir a ação dessas pessoas”, explanou. Ao final da reunião o Secretário de Segurança Pública Valério Azambuja mencionou que a pauta da reunião será encaminhada para a Secretaria do Estado de Justiça e Segurança Pública e para a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

 

Patrícia Miranda

Assessora de Imprensa da ACEPP (Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã)

DRT 1.300/MS



<< Voltar

Avenida Brasil, 2883
Centro - Ponta Porã/MS

CEP: 79904-672
E-mail: spcpontapora@uol.com.br
Telefone: (67) 3431-4169
FACEBOOK Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã SIGA-NOS NO TWITTER YOUTUBE Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã
DESENVOLVIDO POR SOPHUS TECNOLOGIA